domingo, 14 de maio de 2017

Até tu, Brutus?

Garoeiro – Natal, RN, 14 de maio de 2017.

















Jamais um poder tirano,
No mar da História venceu;
Nunca houve pior dano
Na ética do Liceu,
Do que quem delata mano
Tentando livrar o seu:
Só o eterno desengano,
O mais desprezível breu,
Farão o cotidiano
Que o Traidor mereceu.
Mire-se, pois, Italiano,
Em Vaccari e Zé Dirceu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário