quarta-feira, 24 de maio de 2017

Liberados

Garoeiro – Natal, RN, 24 de maio de 2017.











O carnaval do nosso amor na cama
Era o baile febril das fantasias,
Em que ousadas demais pornografias
Iam bailando a excitação da trama.

Se um bailasse em devasso panorama
Abrindo as suas mais sujas ousadias,
O outro ia que o bom dessas orgias
Era fazer que mais ardesse a chama.

Em vez de amor de esposas com maridos,
Amávamos com gozos pervertidos
Num torneio feliz de perversão.

E o amor que a gente nunca achava feio,
Buscava no tesão que solta freio,
O prazer preso na liberação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário