domingo, 30 de julho de 2017

Boemia

Garoeiro – Natal, RN, 30 de julho de 2017.









Bêbados de igual infelicidade,
Bebem seu ser feliz a qualquer preço,
Querendo-me nessa comunidade
Da opção embriagada de avesso.

Dando inclusive a desculpa da idade,
Nego-lhes embarque e não permaneço:
Feliz a qualquer preço é uma vontade
Que fere a nossa dor com desapreço.

Nego a indiferente fuga bacante
Da solidariedade delirante,
Nas mesas da embriaguez contente.

E escapando da noite que extravasa,
Sozinho eu volto andando para a casa,
Vivendo infeliz mas consciente...

Nenhum comentário:

Postar um comentário